destaque principal

Preços de imóveis comerciais seguem em queda, diz FipeZap

O Índice FipeZap Comercial registrou nova queda nos preços do mercado de imóveis comerciais em agosto. Segundo dados divulgados hoje pela entidade, nos últimos 12 meses, os preços de venda e de locação caíram, respectivamente, 3,25% e 10,77%.

Na comparação com o mês de julho de 2016, os preços de venda caíram em média 0,49% e os de locação recuaram 1,01%.

O indicador, que acompanha o preço de venda e locação de salas e conjuntos comerciais de até 200 metros quadrados, mostrou também que, se considerarmos a inflação medida pelo IPCA de 8,97% no período, a queda real de preços atinge 18,12% nos alugueis e 11,22% nas vendas. O índice acompanha os preços nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Entre as quatro cidades avaliadas, o destaque de queda nos preços em agosto ficou novamente com o Rio de Janeiro, onde os preços de vendas caíram 1,33% na comparação mensal e o de locação, 1,41%.

A queda dos aluguéis comerciais supera a dos residenciais, que foi de 5% em 12 meses, segundo a FipeZap. Para os responsáveis pelas pesquisas, porém, os aluguéis residenciais começam a mostrar que chegaram ao fundo do poço e podem começar a se recuperar.

Rio de Janeiro segue como cidade mais cara

No mês de agosto, o valor médio do metro quadrado anunciado das quatro cidades foi de R$ 10.409 para venda e R$ 45 para locação.

Mesmo com as maiores quedas mensais do indicador, o Rio se mantém na liderança das cidades com os maiores valores por metro quadrado, com um preço médio de R$ 11,899 por metro quadrado na venda e R$ 50 na locação.

São Paulo aparece na segunda posição, com valor médio de R$ 10.766 por metro quadrado na venda e R$ 47 na locação.

Porto Alegre aparece na terceira posição da pesquisa de preços para venda, com R$ 8.041 por metro quadrado, contra R$ 7.510 por metro quadrado observados em Belo Horizonte. As duas cidades ficam empatadas como terceiras colocadas no ranking de preços de aluguel.

Porto Alegre e Belo Horizonte registraram R$ 32 por metro quadrado na locação.

O indicador da FipeZap mostra também que São Paulo registra a maior taxa de rentabilidade do aluguel (5,5%). Belo Horizonte aparece em segundo, com rentabilidade de 5,2%, seguida por Rio de Janeiro (5%) e Porto Alegre (4,8%).

 

Fonte: Exame

http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/precos-de-imoveis-comerciais-seguem-em-queda-diz-fipezap